TEL.: (24) 2237-6161

BUSCAR

Perto de ser beatificado, Padre Vitor Coelho será lembrado em romaria

 Devotos e admiradores do Servo de Deus Padre Vítor Coelho de Almeida vão celebrar o carisma e as obras do sacerdote, além de sua fervorosa devoção a Nossa Senhora Aparecida durante a 6ª edição da romaria que homenageia o religioso, cujo processo de beatificação segue no Vaticano com a investigação de um possível milagre.

 

Com o tema ‘Padre Vítor Coelho de Almeida - Uma vida dedicada ao anúncio da Redenção’, a peregrinação acontece no próximo sábado, 11 de fevereiro. A expectativa é de que 47 mil romeiros passem pelo Santuário só no dia da festa que recorda o "Apóstolo de Aparecida".

A peregrinação será antecedida por um tríduo, celebrado de 8 a 10 de fevereiro, na Matriz-Basílica de Nossa Senhora Aparecida, local onde por muitos anos, o religioso acolheu os devotos da Padroeira do Brasil e realizou suas missas e pregações.

Criada em 2012 para fazer a memória das virtudes, do valor e de tudo aquilo que o Servo de Deus representa para o povo brasileiro, a Romaria ganha uma nova motivação este ano, quando se comemoram 30 anos da morte do Missionário Redentorista.

Além disso, o bom andamento da Causa Beatificação do Padre Vítor, que completa 20 anos em 2017 será celebrado de forma especial. Em julho de 2016, a Causa ganhou novo vigor com a investigação sobre um possível milagre atribuído à sua intercessão.

O fenômeno aconteceu em Ribeirão Preto (SP) há 23 anos, quando uma devota do Apóstolo de Aparecida atribuiu ao religioso o êxito de uma gravidez complicada e com risco de morte.

O possível milagre foi investigado durante 37 dias pelo Tribunal da Arquidiocese de Ribeirão Preto entre julho e agosto do ano passado. Em seguida, recebeu sinal verde de um dos médicos do Vaticano, o que aumenta a possibilidade de uma possível beatificação em breve.

O vice-postulador da causa, Dom Darci José Nicioli, confirmou que “foi realizado um estudo sobre milagres que possivelmente, por intercessão do Padre Vitor, tenham acontecido”.

“Nós detectamos três acontecimentos, sendo que um deles já recebeu uma aprovação de um importante médico da Causa dos Santos, no Vaticano”, informou, acrescentando que é possível afirma “que neste momento o Processo já está quase no final de todas as análises”.

“Por isso – expressou –, esperamos que a Igreja o declare beato num primeiro momento”.

Os documentos da Causa de Beatificação, que atualmente estão na Congregação para a Causa dos Santos, no Vaticano, estão na fase final de análise. Enquanto isso, o dicastério romano está elaborando a Positio super Virtutibus, documento que resume as virtudes e a fama de santidade do candidato à beatificação, a partir do qual, e com a comprovação do milagre, o Papa proclama a beatitude do Servo de Deus.

Dom Darci assume que havia o desejo “de que a beatificação acontecesse em 2017, quando se celebram os 300 anos do encontro da Imagem da Padroeira do Brasil”.

Entretanto, explica que “como o processo é longo e sério, envolvendo médicos, especialistas e canonistas, não sabemos se será possível”.

Apesar disso, ressalta que “mais importante do que a rapidez, é saber que o Padre Vitor já é aclamado como santo pelo povo, e será beatificado quando for da vontade da Igreja. Sabemos, contudo, que a data chegará em breve”.

FONTE - ACI Digital